Keoma já havia brilhado em 2015 no cenário competitivo de Street Fighter, quando terminou entre os oito melhores no mundial Capcom Cup. No Red Bull Kumite, o brasileiro enfrentou logo Infiltration em seu primeiro jogo de Karin contra Karin, caindo diretamente para a chave inferior do campeonato após uma derrota de 2 a 0 para o jogador que se tornaria campeão do torneio.

Em seu segundo jogo, Keoma enfrentou Poongko utilizando novamente sua Karin, vencendo contra uma Cammy num placar de 2 a 0, que resultou na eliminação do coreano. A terceira e última partida do brasileiro foi entre duas Karins, resultando em um 2 a 0 do americano Justin Wong e no adeus do gaúcho na competição.

Sem representação na grande final, o Brasil assistiu a decisão acontecer exatamente no cenário do Rio de Janeiro de Street Fighter V, com Infiltration e Tokido (também um dos cinco deuses japoneses) em uma luta ferrenha de Nash contra Ryu. Veja a partida abaixo:

No primeiro Red Bull Kumite, em 2015, Infiltration saiu com o quarto lugar. Nesse mesmo ano, o sul coreano acabou em terceiro no grande torneio de jogos de luta EVO — do qual ele já foi campeão ainda em 2012.

O placar final foi o seguinte:
1º lugar – Infiltration (Nash)
2º lugar – Tokido (Ryu)
3º lugar – Kazunoko (Cammy)
4º lugar – Bonchan (Ryu)
5º/6º lugar – BigBird (Ken)
5º/6º lugar – Momochi (Ken)
7º/8º lugar – GamerBee (Necalli)
7º/8º lugar – Justin Wong (Karin)
9º/12º lugar – Daigo (Ryu)
9º/12º lugar – Xian (F.A.N.G)
9º/12º lugar – Alioune (Chun-Li)
9º/12º lugar – Keoma (Karin)
13º/16º lugar – Luffy (R. Mika)
13º/16º lugar – Valmaster (Necalli)
13º/16º lugar – Snake Eyez (Zangief, Alex)
13º/16º lugar – Poongko (Cammy)